nov 21 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A direção do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Trajano de Moraes – PREV-TRAJANO, vem a público buscando o restabelecimento da verdade, esclarecer através desta nota que “repudia veementemente todo e qualquer ato de violência seja ela física, verbal, ou moral realizada por qualquer pessoa, seja funcionário (a), pessoa física, ou até mesmo aposentado, pensionista e segurado – por qualquer que seja o motivo.

Diante dos fatos relatados, ficando assim exposta em rede social, à instituição faz valer do mesmo modo e informa que os mesmos já estão sendo apurados pela responsável da instituição de forma a buscar meios legais, e afirma, caso seja comprovada a veracidade dos relatos, o PREV-TRAJANO tomará as medidas que lhe são cabíveis, mesmo que isso implique a sanção de alguma pena.

O PREV-TRAJANO, faz entender ainda que os sete funcionários (concursados), que hoje atuam na instituição vem cumprindo seu papel institucional mantendo a transparência em suas ações, de forma objetiva, lembrando que o local desde sua criação sempre foi para atendimento direto: aposentados, pensionistas e segurados, sendo expressamente proibido qualquer atendimento de cunho particular, ou seja, pessoa física.

O PREV-TRAJANO faz valer ainda que por meio desta nota publicada também em seu portal e divulgada também à imprensa – destaca que irá compor um grupo para avaliar, técnica e juridicamente, a viabilidade das sugestões e critica recebida na rede social. A direção do PREV-TRAJANO pede desculpas pelo fato, e reforça que estará ainda mais atenta de modo a corrigir qualquer falha que venha acontecer. Sem mais para o momento.

Trajano de Moraes, 21 de novembro de 2017

Direção do PREV-TRAJANO

nov 09 2017

Equipe do Prev Trajano vai a Brasília em busca de melhorias para aposentados, pensionistas e segurados

Uma reunião com a proposta de buscar mais melhorias para o município. No roteiro a Secretaria de Previdência Social, que atualmente está vinculada ao Ministério da Fazenda em Brasília. O objetivo da viagem de parte da equipe que compõe o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Trajano de Moraes – PREV foi aprimorar conhecimentos e buscar informações para oferecer mais segurança e apoio aos aposentados, pensionistas e segurados no município.

Atualmente o Ministério da Fazenda é o órgão que na estrutura administrativa da República Federativa do Brasil cuida basicamente da formulação e execução da política econômica das cidades no país. “Nossa estadia em Brasília foi tentar de forma eficaz agilizar e se manter informado de como agir nos casos que possam vir aparecer e tentar respostas para os que já estão aparecendo. Foi uma reunião muito proveitosa e voltamos cheios de novidade”, disse a diretora presidente da PREV Trajano, Sabrina Goulart.

Ao todo foram três reuniões em apenas dois dias de compromissos. Em uma delas participou o coordenador Geral de Auditoria, Atuária e Investimentos Allex Albert, o Auditor Fiscal da Receita Federal Claudio Cruz, o Auditor Fiscal da Receita Federal Geraldo da Costa, o vice-prefeito de Trajano de Moraes Jorge Diniz, a diretora presidente da PREV Trajano Sabrina Goulart e o Controlador Interno do PREV Trajano Hefelipe Felipe.

Em outro encontro, os representantes de Trajano de Moraes, marcaram presença na Secretaria de Previdência Social, que atualmente está vinculada ao Ministério da Fazenda. “Nessa reunião tratamos sobre a situação do RPPS de Trajano de Moraes, onde discutimos sobre a regularização do município em relação ao CRP”, explicou Sabrina.

Logo após eles se reuniram com Tânia Maria Giesely do Departamento da Coordenação Geral de Normatização e Acompanhamento Legal tratando de assuntos relacionados ao Comprev. Na viagem eles também conversaram e tiram duvidas com Ilusca Pinheiro, da Divisão de Repasses e Parcelamentos – DIREP, sobre parcelamentos de débitos e demonstrativos de informações previdenciárias. “A gente sai daqui munido de muita informação que vai ajudar muito a PREV Trajano do dia a dia de trabalho”, disse o vice-prefeito Jorge Diniz.

Eles também estiveram no INSS com Márcia Cristina Lima do Departamento de compensação previdenciária. “Todas as reuniões foram próspera e positiva para nosso município. Além de servir para aproximar ainda mais o PREV Trajano e a Prefeitura do Ministério, posso considerar que essa viagem fortaleceu laços”, comentou o controlador Interno do PREV Trajano Hefelipe Felipe.

nov 09 2017

INSS cria gerência para intensificar combate às fraudes

Gerência executiva de compliance foi criada com recursos já existentes

Da Redação (Brasília) – Com a finalidade de investigar e apurar com mais eficiência práticas de corrupção e fraude no sistema previdenciários, o Instituto Nacional do Seguro Social  (INSS) – com o apoio da Secretaria de Previdência – criou uma gerência executiva de compliance. O anúncio foi feito na última quarta-feira (8), na sede do instituto.

Segundo o representante da Secretaria de Previdência e chefe da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP), Marcelo de Ávila, “a institucionalização de ações de compliance vem ao encontro do modelo de combate à fraude realizado pela COINP. Vem complementar a nossa estratégica de combate à fraude, para obtermos uma abordagem mais sistêmica no tratamento desse problema”.

Hoje, a Secretaria de Previdência, por meio da COINP, conta com a Força-Tarefa previdenciária para combater fraudes estruturadas contra a Previdência. Essa parceria de 17 anos entre Polícia Federal, Ministério Público Federal e Secretaria de Previdência soma 512 operações policiais e 2.756 prisões de pessoas acusadas de cometer fraudes contra o sistema previdenciário. Em todos esses anos, foram cumpridos 4.486 mandados de busca e apreensão e realizadas 1.066 conduções coercitivas, com um prejuízo identificado à Previdência Social de mais de R$ 5 bilhões.

Somente neste ano, foi identificado um prejuízo de R$ 89,3 milhões com pagamento de benefícios fraudados, tendo ainda sido evitados prejuízos à Previdência Social da ordem de R$ 173 milhões em pagamentos futuros a supostos beneficiários.

Para Ávila, com mais essa iniciativa de combate às fraudes, somam-se agora o fortalecimento da prevenção e maior efetividade na correção das fragilidades. “O caráter inovador da criação da gerência executiva encontra-se na priorização estratégica pela autarquia previdenciária que passa a adotar o compliance como diretriz institucional”, afirma.

Além da gerência executiva de compliance – que nada mais é que um setor responsável por garantir o cumprimento de todas as leis, regras e regulamentos aplicáveis –, o INSS ainda conta com outras formas de acabar com desvios de verbas públicas, como as convocações para perícias médicas de segurados.

Informações para a Imprensa:

Camilla Andrade

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência

out 09 2017

AEPREMERJ realizará Encontro Regional de Previdência no próximo dia 31

Clique aqui e saiba mais sobre o 30º ENCONTRO REGIONAL DE PREVIDÊNCIA DA AEPREMERJ

30-encontro-regional-aepremerj

out 09 2017

Secretaria lança publicações da Previdência Complementar

Está disponível a nova coletânea de normas, em aplicativo e pdf, e a revista da Previdência Complementar

Da Redação (Brasília) – Já estão disponíveis no site da Secretaria de Previdência as novas publicações da Previdência Complementar, a Coletânea de Normas das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC) e a Revista nº 3. A novidade deste ano é que a coletânea poderá ser acessada por meio de aplicativo móvel, disponível na plataforma android. O aplicativo pode ser localizado sob a sigla LRPC, que significa Legislação do Regime de Previdência Complementar.

Em conjunto com a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev), o aplicativo móvel foi desenvolvido para disponibilizar conteúdo adaptável à tela do celular ou tablet, proporcionando uma experiência mais positiva do usuário em qualquer lugar. A coletânea contempla todo o arcabouço normativo de previdência complementar, como leis, decretos, resoluções, instruções e portarias.

Outro lançamento disponível na página eletrônica é a Revista da Previdência Complementar Nº 3, disponível em hotsite e em pdf. Nessa edição, o subsecretário de Previdência Complementar, Paulo César dos Santos, escreveu artigo sobre os efeitos da reforma da previdência no regime de previdência complementar. “A proposta de reforma da previdência brasileira é necessária e fundamental para a sociedade, para as finanças públicas, para o Brasil. Não são propostas agradáveis, mas são necessárias para o futuro da nação e seus reflexos serão sentidos pelos nossos descendentes”, relata.

Em outros artigos, especialistas da área abordaram temas como reformas dos regimes dos servidores públicos, evolução do regime das EFPC, além de estudos sobre a implantação de planos de benefícios.

As duas publicações foram lançadas nesta quarta-feira (4), durante o 38º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada – Uma nova realidade: Previdência Complementar para Todos, promovido pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp).

Para Paulo César, “esse congresso é uma oportunidade para que a Subsecretaria participe das discussões sobre o futuro da Previdência Complementar no Brasil”. E acrescenta: “Nós temos que preparar o regime para atrair os mais jovens, que hoje são maioria no mercado de trabalho. Isso tem um efeito bom para o Estado, porque os fundos de pensão são investidores institucionais, e para o futuro dos jovens que terão uma aposentadoria melhor”.

Curso EaD – Este ano, a Subsecretaria de Previdência Complementar abre turma para o curso à distância Noções Básicas em Previdência Complementar. Para esta edição, foi desenvolvida uma nova versão em conjunto com a Escola de Administração Fazendária (Esaf). As aulas serão divididas em cinco módulos que irão abordar desde a história da seguridade social até a atual realidade das EFPC.

Ao todo, serão ofertadas 500 vagas. As inscrições estão abertas de 30 de outubro a 5 de novembro pela página eletrônica escolavirtual.esaf.fazenda.gov.br. O curso será realizado entre os dias 6 de novembro e 1º de dezembro gratuitamente, sem horário ou limite de acessos.

Informações para a Imprensa

Camilla Andrade

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência

Posts mais antigos «